blogresenhabarata

RESENHA RB #6 | King, Poe, Lovecraft: do terror ao horror

Olá amores!

Tenho muita alegria em dizer que esta resenha é a primeira resenha com autor parceiro aqui no blog (obaaa!!!) e eu não poderia estar mais feliz em compartilhar minhas impressões com vocês. Vamos lá?

King, Poe, Lovecraft: do terror ao horror • Editora Illuminare, 2018 • 224 p. • Terror • Físico • Compre direto com o autor: igor.ept@gmail.com

image (1)
Stephen King, Edgar A. Poe, Lovecraft: grandes nomes do terror e do horror na literatura mundial.
Ícones de histórias que marcaram gerações gerando medo, admiração e fascínio.  E através desse livro, novos talentos brasileiros, admiradores desses grandes nomes da literatura, inspiraram-se em contos e livros de King, Poe e Lovecraft para criar histórias que vão gerar medo, tensão e eventualmente luzes acesas nos quartos durante muitas noites.

 

KPL é uma antologia de terror organizada pela Rô Mierling. A proposta do livro é reunir contos de autores nacionais inspirados em algum conto de um dos três autores que deram título a antologia. Primeiramente preciso dar os parabéns à editora pela edição caprichada! Vocês podem dar um pulo lá no Instagram do blog e conferir vídeos e fotos da obra.

O livro é dividido em três partes e conta com participação de 38 autores, começando pelos contos inspirados em King, depois em Lovecraft e por último Poe (se você ainda não conhece algum desses autores, vá correndo pesquisar! Eles são os mestres e clássicos da literatura de terror). O Igor Moraes, autor parceiro do blog (já entrevistamos ele, confiram aqui), é autor do conto Antares (p. 187-192), inspirado no conto O Estranho Caso do Sr. Valdemar (originalmente The facts in the case of M. Valdemar) do Edgar Allan Poe e a resenha será sobre ele.

Antares é narrado em primeiro pessoa por um pesquisador na área das ciências (do mesmerismo a astronomia). Ele começa descrevendo rapidamente como se deu sua trajetória até o atual momento, onde ele é alvo de debates sobre o caso do senhor Bohr (um de seus clientes nos experimentos).

O experimento realizado com o sr. Bohr é o da hipnose para relaxar/dormir. O narrador chega até ele através da sugestão de um amigo, que dissera que o mesmo estaria aberto a experiências e não julgaria seus métodos. No entanto, enquanto a hipnose é realizada na casa do paciente, ações inusitadas começam a acontecer. Luzes piscam, raios cortam o céu (quando a previsão era de uma noite tranquila) e o paciente começa a delirar.

“Aqueles que buscam o horror frequentam, geralmente,  lugares estranhos e longínquos.”

Recebendo coordenadas do paciente, o pesquisador faz uma breve pesquisa dos números fornecidos e constata que se trata da estrela vermelha Antares. Ele faz algumas perguntas ao sr. Bohr, incentivando-o a entrar na cidade que vê enquanto está meio dormindo, meio acordado, mas antes que Bohr possa descrever o que enxerga, é possuído por algo/alguém.

Um dos pontos negativos é que não foi fiel o “engolir em seco” do cientista ao ver os quadros macabros pintados pelo sr. Bohr, uma vez que até a situação ele se dizia curioso pelas manifestações tanto do astral quanto do humano. Além disso, ele se diz um homem que não se abala com facilidade, mas se espantou com pinturas que transformavam “São Paulo em um anexo do inferno”.

“Acreditava que o corpo humano poderia ser recipiente não só para a chamada alma, mas para algo mais.”

O ponto mais alto, sem dúvidas, são os trechos finais. O inesperado e o mistério se juntam em perfeita união e me deixaram extremamente curiosa. Compreendo que contos têm objetivo de ser curtos e impactantes, porém senti falta de mais detalhes que me fizessem sentir empatia pelo protagonista. No entanto, a leitura é fluída e merece ser apreciada pelos fãs do gênero.

AVALIAÇÃO: ★★★

Me contem nos comentários abaixo o que acharam da resenha ou se ficaram curiosos, e não esqueçam de seguir @resenhabarata no Instagram para ver fotos autorais.

Um beijo e até logo!

✎ Esta resenha foi feita a partir de parceria com o(a) autor(a)/editora da obra, mas apesar disso, tem como objetivo expressar opiniões sinceras sobre o livro. O blog Resenha Barata compromete-se em ser fiel às suas diretrizes e manter a autenticidade e verdade com seus leitores.
Anúncios

2 comentários em “RESENHA RB #6 | King, Poe, Lovecraft: do terror ao horror”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s